Família do-ré-mi-fá

Archive for outubro 2010

Madagascar 3

Posted on: 28/10/2010

Uma vez estávamos na pracinha com o Eric e conversávamos com uma mãe que tinha 3 filhos. Ela devia ter a minha idade e filhos com idades entre 10, 6 e 1.
HP, na tentativa de me dissuadir da idéia de mais um filho, perguntou à ela: “O que vc diria pra alguém que quer ter três crianças em casa?” Ela arregalou aqueles olhos de olheiras no pé, e respondeu: “Não faça isso. 1 é pouco, 2 é bom, mas 3 é selvageria!”

A partir deste dia, a expressão “selvageria” passou a permear nossas conversas sobre a ampliação da família. HP sempre repetindo que viveríamos numa selva: “Lembra do que disse aquela mãe?” E eu afirmando que estava preparada pra selva. Imagina, quem de fato está?

Minha vida na selva está chegando. Em 2011 nossa Madagascar imaginária se instalará na residência da família dó-ré-mi-fa-sol. Protagonizaremos a nova versão da animação da Dreamworks: Madagascar 3!

Por enquanto, o elenco se prepara em seus papéis, enquanto o caçula ensaia a canção “Eu me remexo muito! Eu me remexo muito!” aqui na minha barriga. 😉

Muita coisa aconteceu neste período de ausência. Nos primeiros quatro meses da gravidez eu passei muito mal. Ficava enjoada o dia inteiro, vomitava, dormia feito uma condenada e me sentia muito mal. Igualzinha à gravidez do Eric. Em suma, eu queria hibernar ou sumir. Entre o quarto e quinto mês, a coisa começou a estabilizar. Fui melhorando dos enjôos e do cansaço, voltei à fase ativa, voltei à vida normal e voltei a ser eu. Bom, um “eu” um pouco diferente, é claro. Porque carregar uma barriga deste tamanhão não lembra muito meu “eu”. Muito menos minha vida normal. Mas, vou te falar, nunca meu eu e minha vida normal estiveram tão felizes!
***
Comecei uma grande faxina e arrumação na casa (haja disposição!), estou planejando grandes mudanças na sala e nos quartos, pretendo contratar uma arquiteta para viabilizar as idéias que tenho na cabeça e tudo está se resolvendo num ritimo um pouco mais devagar, porém mais tranquilo.
***
Aliás, a ansiedade com a chegada do segundo filho realmente nem se compara à ansiedade do primeiro. Quem é marinheira de segunda viagem há de concordar comigo. A gente já sabe o que acontece, já entende a maioria dos porquês, já está com boa parte do enxoval comprado (no meu caso praticamente 90% reaproveitado), já não esquenta com qualquer bobagem e já sabe o que esperar de todos esses loucos nove meses de espera.

Também relaxei com outras coisas. Desta vez foi impossível seguir algumas recomendações básicas, referentes à alimentação e ao repouso. Carreguei Eric no colo quase todos os dias destes últimos 5 meses; continuei com a agenda de shows, ensaiando semanalmente e pulando no palco umas 2x por mês; não parei de trabalhar um só dia por conta do mal-estar; não cortei a cafeína, que tanto me ajudou na fase mal-estar; sucumbi aos remédios pra enjôo; não me alimentei muito bem, confesso; não dormi as horas suficientes; tive 2 gripes e precisei tomar tylenol e vitamina C.
***
A segunda gravidez é realmente bem diferente da primeira. Que meu caçula nunca leia isso, mas coitado, enquanto o irmão mais velho teve mil fotos registradas da barriga desde o 3º mês de gravidez, eu fui bater as primeiras fotos desta barriga só agora no quinto mês. Enquanto o primogênito teve praticamente todas as ultras gravadas, eu só gravei a ultra dos 4 meses do caçula. Enquanto o primeiro usou todo um enxoval novinho, o segundo usará um enxoval 90% reaproveitado do irmão.

Outro dia minha mãe perguntou com quantas semanas eu estava. Disse a ela que não lembrava, mas, peraí, que eu ia consultar a newsletter que assino e que me avisa por email em que semana gestacional estou. Newsletter consultada, informo a ela: 21 semanas. E segue outra pergunta:
– E isso corresponde a quantos meses?
– Ah, mãe, não faz pergunta difícil…

Ela ficou horrorizada. Lembrou que na gravidez do Eric eu sabia de cór não só a tabela das semanas e meses correspondentes, como tb tinha decorado o que acontecia ao feto a cada semana.
***
A reação das pessoas tb muda em relação à sua 2ª gravidez.

1) recebendo a notícia de sua 1ª gravidez:

– É, estou grávida…
– Nossa, meus parabéns!!! Que máximo!!! Que alegria!!! Parabéns!!! Qtos meses? Menina? Menino? Que lindo!!!

2) recebendo a notícia de sua 2ª gravidez:

– É, estou grávida…
– Nossa, corajosa, hein?

Voltamos! Com uma novidade e uma explicação.
Primeiro a explicação:
Até agora este blog se chamou “Família Dó Ré Mi Fá“. Mas a url que escolhi era “Família Dó Ré Mi Fá Sol“. Alguma suspeita do por quê?
Será que não estava disponível a url com o título do blog?
Não, queridos amigos. A url do blog foi escolhida como uma aposta no futuro. Eu sonhava que nossa família, composta por quatro integrantes (Dó, Re, Mi, Fá = Dany, HP, Eric e Alice) se transformasse em cinco. Estava ainda em processo de convencimento do maridón, gastando todos os meus argumentos na proposta de nossa família ganhar mais uma nota musical.

E eis que veio o nosso SOL! Para iluminar ainda mais e dar um novo tom à família dó-ré-mi-fá.

Seja bem-vindo, meu amor. Sua mãe, seu pai e seus irmãos estão muito felizes e aguardam ansiosos a sua chegada!



  • João Lopes: Silvia (permita-me chamá-la assim), eu não conhecia as coisas lindas (filosóficas de precisão!) que escreve, porém, depois de receber um e-mail d
  • João Lopes: Silvia (permita-me chamá-la assim), eu não conhecia as coisas lindas (filosóficas de precisão!) que escreve, porém, depois de receber um e-mail d
  • cleonice: gostaria de receber os protetores de colchaõ traveseiro edredom da casa co alergista como faço para comprar